Hotel Principe da Beira > Privacidade e Tratamento de Dados Pessoais

Privacidade e Tratamento de Dados Pessoais

O Hotel Príncipe da Beira de Maria da Assunção Costa Oliveira Marques, NR REGISTO DE TURISMO: RNET 52, no âmbito da prestação dos seus serviços, necessita de recolher regularmente alguns dados pessoais dos seus clientes sendo o nome e morada dois exemplos claros (mas não os únicos) dessa necessidade.
Por outro lado, a interação cada vez mais frequente dos nossos clientes através do nosso site também requer, nalguns casos, a recolha de informações pessoais do utilizador com vista à utilização de serviços prestados pelo Hotel Príncipe da Beira, ou noutros casos, para melhorar a performance das aplicações, a recolha de dados do seu computador por intermédio de pequenos ficheiros conhecidos do público em geral como cookies.
A Declaração de Privacidade e Tratamento de Dados Pessoais ajuda-o a compreender como recolhemos, usamos e protegemos os seus dados pessoais quando usa os nossos serviços ou visita o nosso Web site.

Poderá obter informação adicional ou esclarecer qualquer dúvida sobre esta Declaração de Privacidade e Tratamento de Dados Pessoais, bastando para o efeito remeter as suas questões para:
Hotel Príncipe da Beira de Maria da Assunção Costa Oliveira Marques
A/C Responsável pela Privacidade
Estrada Nacional 18 – Km 63,5
Sítio da Maria Negra – Donas
6230-172 Fundão – Castelo Branco
ou para o endereço de correio eletrónico: geral@HotelPrincipedaBeira.pt

Declaração de Privacidade e Tratamento de Dados Pessoais de acordo com o Regulamento Geral de Proteção de Dados ( RGPD )

O Hotel Príncipe da Beira de Maria da Assunção Costa Oliveira Marques está empenhado em proteger a privacidade dos seus Clientes na utilização dos seus produtos e serviços, bem como na utilização do Web site e em desenvolver tecnologia que ofereça as melhores e mais seguras experiências on-line.
Aos utilizadores é dada a possibilidade de navegar pela maior parte das páginas do Hotel Príncipe da Beira sem que seja necessário fornecer informações pessoais. No entanto, por vezes, são necessárias informações para o fornecimento de serviços e informações solicitados pelos utilizadores e Clientes.
Esta Declaração de Privacidade e Tratamento de Dados Pessoais ajuda-o a compreender como recolhemos, usamos e protegemos os seus dados pessoais quando visita os nosso site e quando, genericamente, usa os nossos produtos e serviços.
Ao disponibilizar os seus dados pessoais ao Hotel Príncipe da Beira, o Cliente reconhece e consente que os mesmos sejam processados de acordo com esta Declaração de Privacidade e Tratamento de Dados Pessoais e com as regras e princípios constantes dos respectivos termos e condições dos serviços utilizados. Nesta medida e no que se refere ao processamento dos dados pessoais, deve o Cliente ler a presente Declaração de Privacidade conjuntamente com os Termos e Condições que regulam a oferta dos diversos produtos e serviços do Hotel Príncipe da Beira. Se for nossa intenção efectuar alguma alteração a esta Declaração, colocaremos as referidas alterações nesta página para que possa consultar o tipo de informação que recolhemos e a forma como a utilizamos.

Definições

O que são dados pessoais?
Entende-se por Dados Pessoais qualquer informação, de qualquer natureza e independentemente do respectivo suporte, incluindo som e imagem, relativa a uma pessoa singular identificada ou identificável (titular dos dados). É considerada identificável a pessoa que possa ser identificada directa ou indirectamente, designadamente por referência a um número de identificação ou a mais elementos específicos da sua identidade física, fisiológica, psíquica, económica, cultural ou social.

Recolha de Dados

Que dados são recolhidos e gerados pela rede ou sistemas do Hotel Principe da Beira?
Normalmente, os dados pessoais recolhidos pelo Hotel Príncipe da Beira limitam-se ao nome, morada, número de telefone ou correio eletrónico, mas poderão ser recolhidos outros dados necessários ao fornecimento de produtos ou serviços.
Quando são recolhidos e gerados dados pessoais?
Em geral, os dados pessoais são solicitados quando o Cliente faz uma reserva um dos nossos produtos ou serviços.
O Hotel Príncipe da Beira de Maria da Assunção Costa Oliveira Marques respeita o seu direito à privacidade e não recolhe qualquer informação pessoal sobre si sem o seu prévio consentimento.
Alguns dos dados pessoais são de fornecimento obrigatório para a prestação do serviço. O Hotel Príncipe da Beira informará dessa obrigatoriedade e na eventualidade de falta ou de fornecimento incorreto dos dados exigidos, a Hotel Príncipe da Beira não poderá prestar o serviço contratado. A disponibilização de dados incorretos ou inexatos é da sua exclusiva responsabilidade.
Qual a finalidade da recolha dos dados pessoais?
Em regra, os dados pessoais recolhidos junto dos Clientes destinam-se à prestação e facturação dos Serviços, à gestão e avaliação da relação contratual com o Cliente, à adaptação dos serviços às necessidades e interesses do Cliente, ao pagamento dos serviços, a acções de informação, marketing ou tele-marketing do Hotel Príncipe da Beira de Maria da Assunção Costa Oliveira Marques, de empresas associadas ou em relação de domínio ou de grupo com a Hotel Príncipe da Beira de Maria da Assunção Costa Oliveira Marques e de terceiros, bem como à possível inclusão do Cliente em listas de clientes.
Os seus dados pessoais também serão tratados para responder às suas questões, sugestões ou reclamações.
Quem é responsável pelo tratamento dos dados pessoais?
O responsável pelo tratamento dos dados pessoais é o Hotel Príncipe da Beira de Maria da Assunção Costa Oliveira Marques.
Subcontratantes, Comunicação e Transferência de dados pessoais
Os dados pessoais, as bases de dados, as plataformas de serviços e outras operações, poderão, nos termos e condições legalmente definidos, ser alojados, partilhados e comunicados a outras empresas do Grupo Hotel Príncipe da Beira de Maria da Assunção Costa Oliveira Marques.
Os dados pessoais poderão, ainda, ser disponibilizados aos tribunais e às demais autoridades competentes, no estrito cumprimento do disposto na lei, designadamente quando se revelem necessários para a resolução de litígios relativos à faturação e para atividades relativas à proteção da segurança pública, da defesa e segurança do Estado e à prevenção, investigação ou deteção de ilícitos criminais.
O Hotel Príncipe da Beira pode também recorrer a subcontratantes para a totalidade ou parte das finalidades acima identificadas, bem como para a manutenção, alojamento e gestão dos seus sistemas e equipamentos informáticos, nos termos permitidos pela legislação que regula o tratamento de dados pessoais, ficando estas entidades obrigadas a guardar sigilo e a garantir a segurança relativamente aos dados dos Clientes do Hotel Príncipe da Beira a que, para o efeito, tenham acesso, não devendo utilizar esses dados para quaisquer outros fins, ou em benefício próprio, nem relacioná-los com outros dados que possuam.
Nas situações em que os dados dos Clientes sejam transferidos ou alojados noutras empresas do Grupo Hotel Príncipe da Beira de Maria da Assunção Costa Oliveira Marques, os níveis de segurança e Protecção não serão inferiores aos prestados pelo Hotel Príncipe da Beira.
Qual o período de conservação dos dados pessoais?
Os seus dados pessoais são conservados apenas durante o período de tempo necessário para a prestação do serviço ou produto, ou para o cumprimento de obrigações legais do Hotel Príncipe da Beira.
Os dados poderão ainda ser conservados até ao período durante o qual a eventual fatura pode ser legalmente contestada ou o pagamento reclamado, ou pelos períodos legalmente definidos para fins de investigação e ações judiciais de natureza penal.

Cookies

O que são Cookies?
“Cookies” são pequenos ficheiros de texto que são armazenados no equipamento (computador, tablet, telemóvel) através do navegador de internet (“browser”) e que são utilizados habitualmente para reter informação da visita ao site entre diversas sessões (ex: preferências, páginas visitadas, etc.).
Os cookies são utilizados pela maioria dos sites na internet com o objetivo final de melhorar a experiência do utilizador.
Que tipo de Cookies são utilizados nos website do Hotel Principe da Beira?
Cookies estritamente necessários: permitem que navegue no site e utilize as aplicações e serviços que a Hotel Principe da Beira disponibiliza, como por exemplo aceder a áreas seguras do site – Hotel Principe da Beira, entre outros. Sem estes cookies os serviços não podem ser prestados.
Cookies Analíticos: permitem obter dados agregados para análise estatística e melhoria do site.
Cookies Funcionais: permitem uma navegação fácil e individualizada, pois guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, para que não seja necessário voltar a configurar em cada visita.
Cookies de Terceiros: em algumas páginas do site do Hotel Principe da Beira existem componentes que são disponibilizados por terceiros (ex: vídeos do Youtube, Facebook, etc.) que usam cookies independentes dos cookies geridos pela Hotel Principe da Beira.
Cookies de Publicidade: Permitem direcionar a publicidade em função dos interesses de cada utilizador, mediante a recolha de hábitos de navegação na internet. Desta forma, a publicidade disponibilizada corresponderá às suas necessidades.
Alguns Cookies utilizados no site serão eliminados do equipamento automaticamente ao encerrar a sessão do navegador (chamados “cookies de sessão”). Outros tipos de Cookies permanecerão no seu computador e possibilitam a identificação do mesmo na próxima visita ao site (chamados “cookies permanentes”).
Como pode bloquear a utilização dos Cookies?
O seu navegador permite que faça a gestão dos cookies nas opções de configuração, podendo inclusive bloquear todos os cookies do Hotel Príncipe da Beira. No entanto, ao bloquear os Cookies, irá afetar a sua experiência enquanto utilizador.
Quais as entidades que podem ter acesso à informação recolhida pelos Cookies?
A informação recolhida pelos cookies pode ser utilizada pelo Hotel Príncipe da Beira, seus subcontratantes ou parceiros.

Casos Particulares

Marketing e Tele-marketing
Para informar o Cliente sobre novos produtos e serviços, a Hotel Príncipe da Beira pode utilizar os seguintes métodos: Correio ou fax, inserção da informação na respectiva factura de serviço, telefone, e-mail, SMS, MMS ou qualquer outro serviço de comunicações electrónicas, salvo se o Cliente se tiver oposto.
Cliente pode recusar o seu consentimento em qualquer altura, bastando para o efeito remeter o seu pedido para:
Hotel Principe da Beira de Maria da Assunção Costa Oliveira Marques
A/C Responsável pela Privacidade
Estrada Nacional 18 – Km 63,5
Sítio da Maria Negra – Donas
6230-172 Fundão – Castelo Branco
ou para o endereço de correio eletrónico: geral@HotelPrincipedaBeira.pt

Direitos do Cliente

Direito de acesso, correcção, oposição e eliminação dos dados pessoais
Nos termos da legislação aplicável, é garantido ao Cliente o direito de acesso aos dados que lhe digam diretamente respeito, podendo solicitar a sua correção ou aditamento, contactando para o efeito o Serviço de Apoio a Clientes Hotel Príncipe da Beira através do e-mail geral.
O Cliente pode, ainda, a qualquer momento, opor-se ao tratamento dos dados, com exceção dos estritamente necessários à prestação do serviço, e/ou requerer eliminação dos seus dados para fins de marketing ou telemarketing ou inclusão em listas de assinantes e serviços informativos, devendo para o efeito contactar a Hotel Príncipe da Beira através do endereço de correio eletrónico: geral@HotelPrincipedaBeira.pt

Segurança dos dados pessoais
Assegurar a confidencialidade e segurança dos dados dos Clientes é uma permanente preocupação do Hotel Príncipe da Beira. Porque reconhece a sensibilidade desta informação, o Hotel Príncipe da Beira elaborou e divulgou a todos os seus colaboradores

Políticas de Privacidade e Segurança dos dados.
O Hotel Príncipe da Beira designou também um Responsável pela Privacidade “Privacy Officer”, para acompanhar o cumprimento destas políticas e definiu regras claras de contratualização do tratamento de dados pessoais com os subcontratantes.
Para garantir a permanente sensibilização dos seus colaboradores e prestadores de serviços para as regras aplicáveis à proteção de dados, o Hotel Príncipe da Beira desenvolve periodicamente ações de formação junto destas pessoas, tendo, de igual modo, elaborado e divulgado um manual sobre regras aplicáveis ao segredo profissional;
Também os colaboradores do Hotel Príncipe da Beira, bem como aqueles que lhe prestam serviços, assumem o compromisso de não revelar a terceiros ou utilizar para fins contrários à lei, qualquer informação pessoal dos Clientes Hotel Príncipe da Beira cujo conhecimento lhes advenha do exercício das suas funções.
O Hotel Príncipe da Beira dispõe, ainda, de sistemas e de pessoas responsáveis por garantir a segurança das informações, criando e atualizando procedimentos que previnam acessos não autorizados, perdas acidentais e/ ou destruição dos dados pessoais.
O Hotel Príncipe da Beira compromete-se a respeitar a legislação relativa à proteção da privacidade dos dados dos Clientes e a tratar estes dados apenas para os fins para que foram recolhidos, assim como a garantir que estes dados são tratados com adequados níveis de segurança e confidencialidade, nos termos da legislação aplicável e das condições fixadas pela CNPD.
De forma a garantir a segurança dos seus serviços e da rede, a Hotel Príncipe da Beira reserva-se o direito de monitorizar a performance e a qualidade do serviço e rede, de modo a detetar eventuais falhas técnicas, erros de transmissão, ameaças, correio eletrónico não solicitado, vírus, pirataria informática e outras vulnerabilidades de segurança, não exercendo, porém, através de meios humanos, qualquer controlo sobre o conteúdo da informação transmitida através da sua rede.
Não obstante o Hotel Príncipe da Beira ter implementadas medidas de segurança para a receção de dados pela Internet, alertamos para o facto de os dados que circulam na Internet não estarem totalmente protegidos contra desvios eventuais, sendo a comunicação de senhas de acesso, passwords, códigos confidenciais e de qualquer informação sensível efetuada sob inteira responsabilidade do Cliente.
Durante a sessão de utilização do nosso site são usados cookies que expiram quando o browser é fechado. A utilização de cookies permite facilitar a transmissão da comunicação e prestação do serviço que nos tenha solicitado. A maioria dos browsers permitem que o Cliente escolha aceitar ou não os cookies, pelo que, caso assim o entenda, poderá recusar esses mesmos cookies.
Para sua segurança, no acesso ao site do Hotel Principe da Beira, são registados em Logs as opções e operações efetuadas, em caso de necessidade.
Para sua protecção, o acesso a alguns serviços da Hotel Príncipe da Beira, estão protegidos por uma password ou código de acesso. Por questões de segurança, caso utilize algum acesso de segurança recomendamos que memorize a sua password e que proceda à sua alteração com regularidade.

Em caso de litígio, o consumidor poderá recorrer a uma Entidade de Resolução Alternativa de Litígios de consumo:

Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa; Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Distrito de Coimbra; Centro de Informação, Mediação e Arbitragem de Conflitos de Consumo do Algarve.

Nos termos legais aplicáveis, o Hotel tem o direito de recusar esta arbitragem.

Para mais informações, por favor, consulte o Portal do Consumidor:  http://www.consumidor.gov.pt/

 

Última actualização: 2018-05-24

Livro de Reclamações Electrónico

Desde o dia 1 de Julho de 2018 encontra-se disponível na Plataforma Digital www.livroreclamacoes.pt a funcionalidade que permite aos consumidores e utentes apresentarem as suas reclamações em formato electrónico, com o mesmo valor que as reclamações apresentadas em formato físico.

O chamado “Livro de Reclamações Electrónico” foi criado pelo Decreto-Lei n.º 74/2017, de 21 de Junho e regulamentado pela Portaria n.º 201-A/2017, de 30 de Junho.

O Hotel Príncipe da Beira disponibiliza o e-mail geral@hotelprincipedabeira.pt no cumprimento do Decreto-Lei n.º 74/2017 relativamente a eventuais reclamações dos nossos clientes.